100 títulos

sobre redes sociais, tecnologia e algo mais

Archive for the ‘Aplicações’ Category

Starbucks já aceita pagamentos móveis nos EUA

leave a comment »

A Starbucks já não oferece apenas a opção de pagar em dinheiro ou com cartão. Os pagamentos móveis são desde quarta-feira uma alternativa em cerca de 6800 lojas da Starbucks nos EUA.

Os clientes que instalarem a aplicação Starbucks Card Mobile, lançada quarta-feira nos EUA, podem agora utilizar o iPhone, iPod touch ou BlackBerry como forma de pagamento.

A empresa acha que os seus clientes carregam os telemóveis com mais frequência que uma carteira, e vê o Starbucks Card Mobile como uma oportunidade de chegar a mais consumidores.

A Starbucks acredita que os seus clientes vão receber bem a nova e mais rápida forma de pagamento e que esta vá ser também divulgada rapidamente a amigos.

Anúncios

Written by Francisco Manuel Pereira

23/01/2011 at 23:37

Redes sociais e o fim da privacidade

leave a comment »

Já não surpreendem as notícias sobre a política de privacidade da maior rede social do mundo. Parece não ser por uma “má” gestão de informação e dados dos utilizadores que o Facebook passa a ser menos popular. E não é isto estranho?

Até que ponto se pode aceitar uma invasão de privacidade nas (e pelas) redes sociais? Até ao ponto em que nos questionamos sobre a mesma ou damos autorização para tal, mas foi o próprio Mark Zuckerberg a afirmar que a privacidade acabou.

Para reforçar a última ideia, as aplicações desenvolvidas para o Facebook vão poder aceder ao número de telemóvel e morada do utilizador. Veja-se o pop-up que surge a informar sobre o acesso à informação de contactos (ver imagem em baixo). Não seria conveniente que estes detalhes aparecessem destacados a negrito? Para o Facebook não.

Cancelar a conta e deixar de fazer login? Não, registamo-nos deliberadamente numa rede social que até avisa quando está prestes a roubar-nos a privacidade. Até nos preocupamos quando lemos algo sobre o assunto, mas não deixamos de usar o Facebook. Continuamos, mesmo sabendo que a concorrência aposta forte na protecção da privacidade dos seus utilizadores!

Será assim tão difícil ser-se membro de uma rede social e ter-se privacidade ao mesmo tempo? Não estará a noção que temos de privacidade a ser destruída com as redes sociais? Se sim, a quem interessa que isso aconteça?

Pode-se sempre pôr trancas à porta e remover a informação de contactos. Mas é inevitável aquilo em que o Facebook se está a tornar, assim como a quantidade enorme de dados que esta rede social pode coleccionar sobre os seus utilizadores.

É uma questão de tempo – ou distracção legítima, servindo muitas aplicações para entreter – até clicarmos sem querer no botão “allow”, para não referir também o spam (que em algumas aplicações é só isso), que entupirá por certo qualquer caixa de mensagens.

Written by Francisco Manuel Pereira

18/01/2011 at 22:51

Publicado em Aplicações, Facebook