100 títulos

sobre redes sociais, tecnologia e algo mais

Archive for the ‘Amazon’ Category

Uma biblioteca debaixo do braço

leave a comment »

Quem pensou que o iPad vinha ditar uma quebra nas vendas de Kindles ou que eram estes dispositivos móveis um fenómeno passageiro, estava enganado.

Kindle é um leitor portátil desenvolvido pela Amazon que permite comprar, descarregar, pesquisar e ler livros, assim como jornais, revistas ou blogues em formato digital.

Quando Gutemberg descobre a imprensa, foram os copistas que viram com maus olhos a invenção do alemão. Antes também podia levar longos meses a reprodução de folhetins que traziam notícias às populações. Encurtaram-se as distâncias espaço-tempo na circulação da informação com Gutemberg. Com o processo mecânico da impressão democratizou-se o acesso ao conhecimento. A indústria livreira estava pronta para sair dos mosteiros e entrar nas bibliotecas públicas.

Pois bem, regressando aos dias de hoje, a Amazon revelou ter vendido milhões de Kindles em 2010, não tendo divulgado o número exacto. Estima-se que tenham sido mais de 8 milhões. Também se venderam 115 e-books por cada 100 livros vendidos no seu formato tradicional (de capa mole). Sem qualquer referência a números, os e-books são mesmo três vezes mais vendidos que obras de capa dura nos EUA, segundo a Amazon.

Estão disponíveis mais de 810 mil livros, incluindo 107 bestsellers dos 114 reconhecidos pelo New York Times, número que não inclui gratuitos, na livraria digital da Kindle.

Se Rupert Murdoch no início deste ano anunciou o lançamento de um jornal para ser lido exclusivamente no iPad e se a preocupação com os tablets é cada vez maior em termos de conteúdos por parte das redacções, têm hoje razões para franzir o sobrolho as livrarias tradicionais, para não referir os alfarrabistas.

O que marcou todas as revoluções tecnológicas anteriores foi o encurtamento das distâncias espaço-tempo. Na actual é mais a imaterialidade. Se antes se viam fachadas pintadas à mão, hoje vê-se, por exemplo, em Times Square um sem número de ecrãs a apelar ao consumismo.

Mesmo com a febre do iPad, chegará o dia de ler o primeiro livro que seja comercializado apenas em formato digital, mas é com um Kindle que agora se podem trazer 800 (ou mais!) livros debaixo do braço sem esforço algum!

Anúncios

Written by Francisco Manuel Pereira

28/01/2011 at 20:20

Publicado em Amazon, Kindle